• Joice Viana

CHOCOLATE E SEUS BENEFÍCIOS PARA A MENTE

Dia Mundial do Chocolate: cacau é um alimento poderoso no combate a ansiedade e do estresse, além de reduzir os riscos de depressão

Imagem: Freepik/cookie_studio


E aí, já usou a desculpa do Dia Mundial do Chocolate, comemorado todo dia 7 de julho, para comer uma barra inteira depois do almoço? Além de delicioso, essa iguaria pode trazer diversos benefícios para a nossa saúde mental, isso que eu chamo de juntar o útil ao agradável! Segundo estudos da University College London (UCL), o cacau reduz o risco de depressão em 70%. Mas, obviamente, tudo deve ser consumido com moderação para não ter o resultado inverso, prejudicando a saúde, o indicado é comer apenas 25 a 50 gramas por dia. Pratique mindfulness e não acabe com a caixa inteira de bombom hein!


O chocolate também faz parte das chamadas "Comfort Food", ou seja, toda comida escolhida justamente por proporcionar alívio emocional e sensação de prazer em situações de fragilidade, estresse e melancolia, como estamos vivendo nesse momento de isolamento social. “Isso ocorre porque a motivação para comer não é meramente impulsionada por um desejo de consumir nutrientes e/ou de proporcionar a saciedade, mas também de manter o equilíbrio emocional e psicológico”, explica a nutricionista Iomara Isidorio Cavalcante. Para simplificar, você já deve ter visto comédias românticas em que, após o término de um namoro, o personagem devora um pote de sorvete sozinho vendo filme triste.


Ok, já adverti sobre os cuidados de consumir chocolate em excesso, vamos então para os benefícios de degustá-lo com moderação. O cacau possui quantidades significativas do aminoácido triptofano, que eleva o nível de produção da serotonina, dopamina e feniletilamina, neurotransmissores da felicidade, prazer e da paixão, que auxiliam na melhora do humor e na diminuição da ansiedade e estresse. Além disso, há também a liberação de endorfina para o cérebro, aumentando a disposição mental; ajuda a retardar o envelhecimento e melhora a memória.


O cacau é o alimento com o maior índice de flavonoides, ou seja, substâncias antioxidantes, que atuam na prevenção do câncer e doenças cardíacas. Mas não é qualquer tipo de chocolate que traz esse benefício, o segredo é "quanto mais amargo, melhor!" - sorte minha, amo os amarguinhos -, pois a concentração de flavonoides é maior. O chocolate ao leite tem apenas 25% de cacau, o meio amargo cerca de 41%, mas tem alguns que chegam até 99%. Já o branco é composto apenas de manteiga de cacau. O ideal é consumir a partir de 70%.


Fonte: M de Mulher, Folha Vitória, Brasil Escola, DW e assessoria de imprensa.

19 visualizações

FLUIRDAMENTE

NEWSLETTER

  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza

© 2020 by Fluirdamente created with Wix.com